quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Operação “FIDALGO” culmina com a apreensão de drogas e a prisão de um grande traficante da cidade de Itajá

Viaturas policiais em frente a DP após a operação

A Polícia Civil de Assu com o apoio dos militares do 10º BPM realizaram uma operação na madrugada de hoje (03), no município de Itajá.
Segundo informações, a operação foi comandada pelo Bel. Carlos Brandão (Delegado de Assu) e o Maj. Assis Santos (Comandante do 10º BPM), auxiliados pela equipe de agentes civis e do GTO de Assu. A operação contou com cerca de 25 policiais e o resultado foi considerado satisfatório.

Material apreendido na residencia do acusado

Foram apreendidas duas armas de fogo, munições, balança de precisão, uma grande quantidade de "CRACK" e uma pequena quantidade de "COCAÍNA", e ainda a quantia exata de 5.276,00 reais.

Fco Laércio "DOM", preso em flagrante

O alvo dessa operação foi um homem conhecido naquele município como DOM, e identificado pela policia como sendo Francisco Laercio de Oliveira. O acusado foi preso em flagrante e conduzido para a DP de Assu juntamente com o material apreendido.
Ainda de acordo com informações, DOM já foi preso e é apontado pela população de Itajá como sendo um dos maiores traficantes daquele município. Ele ficará a disposição da justiça no CDP de Assu.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Ação rápida da PM com apoio da população tira mais um traficante das ruas

Material apreendido com o acusado
Policiais Militares em patrulhamento de rotina abordaram um grupo de jovens que estavam em uma calçada na Rua Aldemar de Sá Leitão, no bairro São João em Assu.
Após abordarem os jovens, os policiais receberam uma informação anônima de que na residência onde os jovens estavam funcionava uma “boca de fumo”. De imediato foi feita a identificação do morador da referida residência e os militares adentraram-na.
Foi encontrado e apreendido um revolver calibre 32, com 06 (seis) munições intactas, uma balança de precisão e certa quantia de Maconha e CRACK.
Alarudson foi autuado
por porte e trafico
Foi presa em flagrante a pessoa de Alarudson Henrique da Costa, de 31 anos de idade, natural de Assu. O mesmo alegou que por problemas financeiros havia decidido traficar, mas que fazia pouco tempo que comercializava os entorpecentes.

Alarudson foi conduzido a DP de Assu, onde foi autuado por trafico de entorpecentes e posse ilegal de arma de fogo. E ficará a disposição da justiça no CDP da cidade.

Policia Militar de São Rafael cumpre mandado de prisão

Fco cândido "JACARÉ"
Policiais do destacamento de São Rafael identificaram e prenderam a pessoa de Fco de Assis Cândido da Silva, vulgo “JACARE”, contra ela havia um mandado de prisão expedido pela comarca de São Rafael, fundamentado no Art. 312 do CPB.
Segundo os policiais, os mesmos faziam deslocamento para uma audiência no Fórum de Assu, quando se depararam com o foragido, próximo da ponte Felipe Guerra. De imediato realizaram a abordagem e lhes deram voz de prisão.

Fco Cândido ficará a disposição da justiça em São Rafael e de lá será transferido.

domingo, 24 de agosto de 2014

Descontrole financeiro do Governo afeta contas de policiais militares

Uma das vantagens do serviço público que atrai cada vez mais os interessados em ingressar nos cargos públicos é a estabilidade financeira. No entanto, no Estado do Rio Grande do Norte essa estabilidade financeira já não é mais uma realidade para os servidores públicos que a cada mês vê seus direitos sendo cerceados por Decretos Governamentais.
Os policiais militares, por exemplo, vem sentindo na pele e no bolso o descontrole financeiro e os ditos Decretos, sempre com prazos indeterminados, emitidos pelo Chefe do Executivo. São promoções que não são pagas, mudanças de nível, Diárias Operacionais, férias, e, agora, o décimo terceiro salário.
Bem verdade que o Governo do Estado tem até o dia 20 de dezembro para realizar o pagamento da gratificação natalina aos servidores públicos, mas lembro que, como em um contrato, quando reiteradamente há o cumprimento de uma obrigação, como no caso da antecipação do 13º há anos, e com a falta da divulgação do calendário de pagamento pelo Governo, este teria a obrigação de realizar o pagamento conforme já vinha sendo praticado em anos anteriores, uma vez que gerou a expectativa pelo servidor público em seu cumprimento.
Outra questão relevante foi a sustação do pagamento das férias em agosto de 2013 pelo período de 90 dias, que na verdade perdurou por seis meses, desestabilizando as contas financeiras de cerca de 70% dos policiais militares do Estado. Soma-se a isso, a falta de pagamento das diárias operacionais, da mudança dos níveis remuneratórios e as promoções, todos sem estar sendo pagos devidamente.
São todos esses fatores somados a outros que vem desestabilizando os policiais militares endividando-os cada vez mais. “Estamos voltando ao passado quando ninguém queria vender aos PM’s com medo de calote”, disse um policial.
Em conversa informal com um policial, o mesmo já admitiu não saber mais o que fazer para equilibrar suas finanças, uma vez que ainda sofre com o atraso do pagamento das férias desde o ano passado.
“Tive que sacar o cheque especial pois contava com as férias. Elas não foram pagas. No início do ano, ainda devendo ao cheque especial, adiantei o décimo, que também não foi pago. Sacrifiquei minhas folgas para trabalhar na Copa por diárias operacionais e, finalmente, equilibrar as finanças, mas também não foram pagas”, desabafou o PM.
Outro ponto de destaque do descontrole do Estado é a questão dos inativos e pensionistas da Polícia Militar, os quais a todo mês vem sendo preteridos e tem seu pagamento retido em média de dez dias, dificultando a vida dos que já possuem uma idade já avançada e com a saúde comprometida e que necessitam comprar medicamentos.

Fonte: Sd Glaucia

GTO de Assu efetua apreensão de arma de fogo

A arma estava com as munições intactas
Por volta da 01hr da madrugada de hoje (24), policiais militares do GTO foram informados que um homem que estava em um bar, havia deixado uma arma cair de sua cintura e em seguida a colocado em um veiculo.
Munidos de informações, os militares foram ao Boteco bar que fica localizado na Av. Senador João Câmara, no centro de Assu. Identificaram e abordaram a pessoa de Jose Roberto Freire Carvalho, 33 anos, residente em Assu. Apos ser questionado da situação em que foi vista a arma caindo, o acusado tentou negar, mas em seguida foi realizada a abordagem ao veiculo e lá foi encontrado um revolver calibre 38, com cinco (05) munições intactas.

A arma foi encontrada pelos policiais no interior do veiculo
Jose Roberto foi conduzido a delegacia de plantão em Mossoró, onde foi indiciado pela posse ilegal de arma de fogo ART. 14 DA LEI10.826/03, pagou fiança e em seguida foi liberado.

Na delegacia, ao ser perguntado o por que de andar armado, Roberto alegou que seria pelo medo do aumento da violência em nossa cidade.

sábado, 23 de agosto de 2014

GTO de Assu realiza a prisão de jovem acusado de tentativa de homicídio

Izac foi preso por força de mandado judicial
Por volta das 19hs de hoje (23), uma equipe do GTO (Grupo Tático Operacional) de Assu, após uma denuncia anônima empreendeu diligencia , localizou e prendeu a pessoa de Izac Rodrigues da Silva, acusado de efetuar disparos em um bar no centro da cidade de Assu, atingindo três pessoas, no dia 28 de Junho do corrente ano. Relembre aqui!
Segundo informações, testemunhas e vitimas do fato narraram ao delegado municipal o acontecido e reconheceram Izac como sendo o atirador. Após abrir o inquérito policial, o Bel. Carlos Brandão pediu a prisão preventiva do acusado, o que foi acatado pela juíza da vara criminal do município.

Agora Izac ficara no CDP de Assu a disposição da justiça.

Suspeito é preso após tentar matar com facadas a própria companheira

Após tomar conhecimento de que no dia 08/06/2014 a vítima, Marciana da Silva, havia recebido duas facadas no pescoço que quase a levaram à óbito, a Delegacia de Polícia Civil de Assú juntou todos os elementos de prova e requereu a prisão preventiva de Jailton Ribeiro Da Silva, vulgo “Careca”, pelo crime de tentativa de homicídio.

Jailton Ribeiro, foi preso por força de preventiva
A vítima, companheira do acusado, vivia em união estável com o mesmo há mais de 06 anos e sofria abusos e agressões físicas constantes, geralmente quando o indiciado se encontrava alcoolizado. Em razão das agressões sofridas foram deferidas medidas protetivas contra o agressor.
No entanto, desrespeitando as medidas protetivas impostas, “Careca” no dia 08/06/2014 deferiu uma violenta cutilada contra o pescoço da vítima que quase ceifou sua vida, vindo a ser socorrida no hospital de Assú e em seguida encaminhada ao Hospital de Mossoró.
Após a prisão preventiva ser deferida, Policias Militares de Assú cumpriram o mesmo e realizaram a prisão de “Careca” que não esboçou reação e no interrogatório confessou o crime, tendo afirmado ainda que agredia a companheira com frequência, geralmente quando se encontrava alcoolizado.
“Careca” foi indiciado pela prática do crime de tentativa de homicídio.

Fonte: Polícia Civil.